Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007
PARABÉNS!!!

Sabiam que hoje , dia 24 de Maio de 2007, este Blog dos Pequenos Jornalistas faz 1 aninho?
Pois é verdade!
Estamos todos de Parabéns, não acham?
A todos os amigos que nos visitam queremos dizer:
OBRIGADO!!! CONTINUEM A VISITAR-NOS E A COMUNICAR CONNOSCO!


 
                    
 

Palavras chave:

publicado por pequenos-jornalistas às 23:35
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 22 de Maio de 2007
Visita à Pia do Urso
Na 5ª feira dia 17 de Maio de 2007 e dia da Espiga, visitámos a Pia do Urso, em conjunto com os colegas da Escola do 1º Ciclo de Tremoceira.
É um parque eco-sensorial, projectado em especial para pessoas invisuais.
Para além de podermos desfrutar daquele espaço em pleno ambiente serrano da Serra de Aire, onde existe de facto a harmonia entre a Natureza e a intervenção humana, foi nosso objectivo experimentarmos ser por momentos  invisuais naquele local e sentirmos quanto é difícil ser -se invisual,  embora tirando partido dos outros quatro sentidos.
Acredito que a sensibilização à pessoa invisual ficou assim mais vincada após esta vivência, neste ano de 2007, que é o "Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos" .

 

 

  •   Gostei de ver aquilo que tem água. Era para os ursos beberem. Havia lá brinquedos p’ra brincar. Gostei daquele que parece uma cara p’ra pôr lá.(Beatriz, 3 anos)

  • Hoje o meu irmão não foi lá à Pia do Urso. No outro dia foi. O meu padinho também foi lá, e a Patícia também foi lá. Eu fui lá dentro da casa do urso mais a mãe. Gosto mais do urso que ía lá beber água porque tinha sede. (Filipe, 4 anos)








  • Fomos à Pia do Urso e eu vi uma casa com flores. Era uma casa feita de pedras castanhas. Tu puseste-me uma fita para fazer de conta que eu era cego. Eu sentia o chão que era feito de madeiras redondas. Quando havia um degrau tinha que andar devagar. (Pedro, 4 anos)
  • Vi lá a Márcia e um jardim. Levava a mochila. Eu estava a ver o jardim e não mexi, para não estragar as flores. Eu fiz bem! Eu gostei de fazer festinhas ao cavalo de faz de conta. ( Carolina Silva, 3 anos)




  • Eu tinha lá ido na barriga da minha mãe. Hoje fui de camioneta. Gostei de ver o coelho de faz de conta, o galo, a galinha, o burro...Gostei de ver a Pia do Urso. Tinha lá 2 ursinhos desenhados. Eles iam lá beber água. ( Catarina Ribeiro, 3 anos)


  • Gostei de ver o cavalo. Ele era castanho, era mais grande e era de faz de conta. Também gostei de ver o burro. Fiz-lhe festinhas com a mão e ele gostou porque estava a rir-se. (Maria, 4 anos)












  • Foi bom o passeio. Tava lá um cavalo gigante; tava lá um burro também. Tava lá um jogo das peças que tinha cruzes e bolas. Gostei dos brinquedos que tinha lá: escorregas, aquilo para fazer música assim, assim, quadrados, o dinossauro para trepar... Foi muito fixe! (Afonso Jesus, 3 anos)


  • Gostei mais de brincar na areia que estava lá com um escorrega. Também gostei das fotografias que tu tiraste na Pia do Urso. Fui cego durante um bocadinho. É um bocado difícil, porque se nós “vêssemos”, podíamos fazer algumas coisas e os cegos não podem fazer todas as coisas, mas podem ouvir, falar, cheirar e tocar com os pés p’ra saber o caminho certo. (Leandro, 5 anos)






  • Gostei muito de ver os coisinhos para brincar: o baloiço e o escorrega. Havia lá casinhas de pedra enfeitadas com flores, gostei de ver lá aqueles rios todos...era para os ursos e outros animais muito grandes que são mais altos do que a nossa escola irem lá beber água.( Sara, 4 anos)














  • Gostei mais de ver aquela bicicleta que fazia rodar uma roda às riscas redondas. Também gostei dos animais de faz de conta; gostei da vaca e do porco. Havia água nas pias; uma tinha a forma de um coração. Eu experimentei se fosse cega e eu gostei. É melhor não ser cega, porque assim já conseguem ver as coisas. Quem não consegue pode tocar nas coisas e sentir o que é as coisas. Havia lá umas letras que nós conseguíamos ler por não sermos cegos e havia uns pontinhos que era para os cegos sentirem o que está lá escrito. Gostei do puzzle da galinha e gostei de ver aquelas coisas a tocar música. (Catarina Marto, 5 anos)


  • Gostei das pias; uma tinha peixes, uma tinha erva e era uma pia! Gostei de andar a fazer de conta que era cega. Não foi difícil porque eu podia sentir o chão que tinha aquelas madeiras no caminho e tinha umas pontes baixinhas porque era para dizer que estava ali um parque que tinha aquelas rodas.( Sofia, 4 anos)


  • Gostei de ver o burro e também ver o cavalo de faz de conta e a vaca que tinha um filhinho. (Carolina Silvério, 5 anos)
  • Gostei mais dos rios que tinham água e ervas. Experimentei ser cego; foi giro. É difícil! Tinha medo de cair. Para seguir o caminho certo sentia com os pés( Afonso Custódio, 5 anos)


  • Gostei de andar de camioneta. Vi vacas e ovelhas, vi moinhos que pareciam um quadrado. Lá na Pia do Urso gostei de ver a Pia do Amor que tinha a forma do coração. Gostei daquilo que se passa entre a água, a ponte. Gostei mais de ver o cavalo, o burro , o galo e mais o coelho. Quando experimentei ser cego toquei nas calças do que ia à frente. Ser cego lá não é fácil ver, mas pode-se tocar, cheirar as flores e os eucaliptos como ao pé da minha casa...(Valter, 5 anos)


Nós é que agradecemos à Câmara Municipal da Batalha, entidade responsável por este belo espaço de lazer. Obrigado!

Palavras chave:

publicado por pequenos-jornalistas às 16:41
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 16 de Maio de 2007
o Gafanhoto Maroto
"ERA UMA VEZ UM GAFANHOTO MAROTO QUE VIU UM PÁSSARO A CAIR DO NINHO E DISSE:
_MEU DEUS! QUASE QUE CAÍA P’RA CIMA DE MIM!
COMO O GAFANHOTO MAROTO SALTAVA MUITO BEM E ERA MUITO FORTE SALTOU P’RÁ PAREDE E O PÁSSARO CAÍU P’RA CIMA DE UMA FLOR.
A FLOR DISSE PRA TER MAIS CUIDADO P’RA NÃO CAIR EM CIMA DELA OUTRA VEZ.
_ DESCULPA, EU COMI POUQUINHO...EU QUERIA VOAR E PENSAVA QUE JÁ SABIA VOAR...MAS NÃO!
A MAMÃ PÁSSARO APARECEU E SALVOU O FILHINHO. AGARROU-O POR UMA ASA E LEVOU-O P’RA CIMA , P’RÓ NINHO.
O GAFANHOTO FOI ATÉ AO NINHO DO PÁSSARO E DISSE:
_OLÁ! TU TENS QUE COMER MAIS P’RA PODERES VOAR! QUANDO SOUBERES VOAR, PODES VIR À MINHA CASA BRINCAR COMIGO!
PORQUE É QUE TU FOSTE VOAR?
_PORQUE TINHA VONTADE DE VOAR E PENSAVA QUE JÁ ERA GRANDE PARA APANHAR COMIDA.
O GAFANHOTO DISSE QUE MAIS LOGO VINHA BRINCAR COM O PÁSSARO NO NINHO, PORQUE O PÁSSARO AINDA NÃO PODIA VOAR E O GAFANHOTO PODIA SALTAR MUITO ALTO.
FICARAM AMIGOS PARA SEMPRE.
VAQUINHA VITÓRIA, ACABOU-SE A HISTÓRIA."
(Esta história foi inventada pelo Afonso Custódio, pela Catarina Marto, pela Carolina Silvério e pelo Valter, todos com 5 anos.
Foi criada pelo facto de termos visto um belo gafanhoto nas nossas flores (que vos mostramos agora)  e um passarinho bébé no chão)


  


publicado por pequenos-jornalistas às 16:26
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Encontro de Gerações
"Fomos lá ver os amigos, os senhores e as senhoras mais velhas do que nós.
Houve lá um espectáculo com os meninos da primária, da Tremoceira e outros.
À volta tinha muitas coisas . Eram coisas velhas de ferro e de pano.
Havia lá uma bicicleta com uma boneca.

Uma avó contou uma história da raposa e do galo. O galo estava assim com os olhos fechados e a raposa comeu-o! E Vaquinha Vitória acabou-se a história!"

(BEATRIZ, 3 anos)



publicado por pequenos-jornalistas às 16:00
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 15 de Maio de 2007
Dia Internacional da FAMÍLIA

15 de Maio

é o

Dia Internacional da FAMÍLIA.

"Ter uma família é bom para nós.

Se não tivéssemos uma família éramos pobres"

(Texto conjunto)

PARABÉNS a todas as FAMÍLIAS!!!



publicado por pequenos-jornalistas às 16:54
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Bichinhos da seda
Temos bichinhos da seda no nosso Jardim de Infância.
Foi a educadora Sílvia que deu à Graça, porque ela tinha muitos no Jardim de Infância da Cruz da Légua. Obrigado à Sílvia!
 
Querem saber coisas que já descobrimos quando observamos os bichinhos da seda?
 
  • Descobri que um bichinho da seda fazia um “O” que é o “O” do meu nome, que tem o P, o E, o D, o R e o O. (PEDRO,4 anos)
  • Eu encontrei um círculo que os bichinhos fizeram (CATARINA Ribeiro, 3 anos)
  • Eles mexem-se e fazem uma bola (SARA, 4 anos)
  • Descobri que 2 bichinhos da seda fizeram o L , que tem uma parte comprida e outra mais curta.(LEANDRO, 5 anos)
  • Eu encontrei um bicho da seda que estava morto. Se calhar não estava a comer folhas; por isso é que morreu. Quando a gente não come nada também podemos morrer(PEDRO, 4 anos)
  • Descobri que os bichos da seda têm um pico atrás, perto do rabinho; olha, se calhar é p’ra fazer xi-xi...não, não, se calhar é p’ra se defenderem. (CATARINA Marto, 5 anos)
  • Quando os bichos eram caninos, faziam có-có pequeno. Agora que são maiores fazem um có-có grande. Comem muito!...Despejamos o có-có dos bichinhos lá fora nos canteiros onde as árvores e as flores estão. É p’ra elas crescerem. (SARA, 4 anos)
  • Descobri que o có-có deles é um bocado comprido, parecido com um rectângulo e é muito preto(LEANDRO,5 anos)
  • Descobri que os bichinhos da seda têm 4 patas de cada lado, que eu contei! Estavam agarradas a uma folha...(FILIPE, 4 anos)
  • Olha, eu sei que 4 + 4 dá 8, por isso é que eu sei que eles têm 8 patas!(VALTER, 5 anos)

 

 

 

 



publicado por pequenos-jornalistas às 11:36
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 9 de Maio de 2007
Dia da Europa
  • Descobri que na Europa não é p’ra fazer mal, nem guerra; é p’ra fazer paz! (Afonso Custódio - 5 anos)
  • Descobri que a Europa tem muitos países e que cada país tem uma bandeira diferente. Algumas são parecidas; a da Polónia tem o vermelho em baixo e o branco em cima; a do Mónaco tem o vermelho em cima e o branco em baixo.(Catarina Marto - 5 anos)
  • Descobri que também na Europa há meninos que não têm comida e então no Intermarché os senhores dão sacos de plástico p’ra lá pôr comida p’ra dar aos outros meninos.(Valter - 5 anos)
  • Descobri que a Europa também tem uma bandeira; é toda azul e tem 12 estrelinhas no meio a fazer um círculo como uma roda de meninos de mãos dadas. É porque todos os países da Europa são amigos! (Carolina Silvério - 5 anos)
  • Descobri que há uma bandeira da Europa. É azul e tem muitas estrelinhas. É porque quando está de noite há estrelinhas e depois aparece lá a lua p’ra não ficar escuro.( Beatriz - 3 anos)
  • Descobri que hoje é o Dia da Europa. A Europa é um sítio grande que tem muitos sítios que se chamam países. ( Sofia - 4 anos)
  • Descobri que a Europa tem países, tem uma bandeira e uma música que se chama alegre, porque portam-se todos bem. ( Leandro - 5 anos)
  • Descobri que na Europa não há guerra. Ainda bem, porque a guerra é má; nós morremos e ficamos com as mãos queimadas. ( Sara - 4anos)
  • Descobri que a Europa tem uma bandeira grande que tem muitas estrelas. Eu pintei a bandeira e recortei uma estrela que colei na bandeira. ( Afonso Jesus - 3 anos)
  • Descobri que hoje é o Dia da Europa. Fizemos uma roda com estrelas p’ra colar num círculo em cima de um rectângulo azul. ( Pedro - 4 anos)
  • Estive a colar estrelas no azul. Era p’ra fazer a bandeira da Europa. Estão arrumadinhas a fazer um círculo. Parece a gente a ser amigos! ( Catarina Ribeiro – 3 anos)
  • Descobri que hoje é Dia da Europa.. Descobri que Portugal está dentro da Europa e a Polónia também. ( Maria – 4anos)

 

 

 

 

 

 

 

    

 

 Hino da Europa

(Em 1972, o Conselho da Europa (organismo que concebeu também a bandeira europeia) adoptou o "Hino à Alegria" de Beethoven para hino. Solicitou-se ao célebre maestro Herbert Von Karajan que compusesse três arranjos instrumentais - para piano, para instrumentos de sopro e para orquestra.

Sem palavras, na linguagem universal da música, o hino exprime os ideais de liberdade, paz e solidariedade que constituem o estandarte da Europa.)                    

 



publicado por pequenos-jornalistas às 16:15
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 8 de Maio de 2007
Já temos favas!

"Hoje a gente fômos à horta apanhar favas com a tesoura. Havia muitas que já estavam grandes. Também havia pequenas. Na casa da minha avó também há pequenas. Eu sozinha e mais a avó vou apanhá-las todas!

Fômos medir as favas grandes ; estava lá escrito o três e o zero. Tu disseste que era 30 centímetros. É mesmo muito grande!"

BEATRIZ-3 anos

 

 

 



publicado por pequenos-jornalistas às 15:37
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Presente para a Mãe

Agora que já passou o Dia da Mãe, já podemos dizer e mostrar o que foi o presente surpresa para a Mãe.

Foi um coração feito com massa de moldar e pintado, que serve para ser usado como uma pregadeira para enfeitar as mães. Cada um tinha a primeira letra do nome das mães.

Depois fizemos uns cestinhos também com a forma de um coração para guardar o coração pequenino e um cartãozinho com o desenho da mãe e com algumas palavras escritas de coisas que gostamos nas nossas mães.

Parece que elas gostaram da surpresa!

 

 



publicado por pequenos-jornalistas às 15:15
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 4 de Maio de 2007
DIA DA MÃE
Domingo, dia 6 de Maio, será celebrado em Portugal o "DIA DA MÃE" 
Todos os pequenos jornalistas prepararam um presente surpresa para as suas mães e aprenderam esta canção que dedicam a todas as mães do mundo







(Desenho feito pela Sara/4 anos, no programa Paint e dedicado também a todas as MÃES)


publicado por pequenos-jornalistas às 23:27
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

História da andorinha

"Era uma vez uma andorinha que estava triste porque ela só tinha preto e branco nas penas. Nas asas e nas costas tinha preto e por baixo do corpo tinha branco.

Ela não tinha cores como os outros pássaros.

Depois ela foi ter com os outros pássaros e disse assim:

_Vocês têm cores tão bonitas...não podem trocar por mim?

_Não, porque não há mais penas iguais às nossas...

Então a andorinha foi chorar sozinha para a floresta, num sítio em silêncio e escuro.

Mas apareceu o sol e depois deu mais luz àquele sítio da floresta onde ela estava. Também apareceu o arco-íris e ficou tudo iluminado e colorido.

_Porque é que estás a chorar?, perguntou o sol.

_Porque eu não tenho cores como os outros pássaros ou como o arco-íris. Só tenho preto e branco e os outros têm tantas cores...

_Olha, não fiques assim triste! Vou contar-te uma coisa p’ra tu não ficares triste e a chorar.

Primeiro o Pai do Jesus, o Deus, tinha muitas cores para pintar os animais todos; mas como eram tantos, depois só ficou com preto e branco. Por isso é que tu tens só preto e branco. Tinhas chegado tarde ao pé de Deus...

Mas p’ra não ficares triste, Deus foi dizer aos animais que agora eram sempre as andorinhas as primeiras a dizer a todos que já chegou a Primavera!

 

Então a andorinha parou de chorar, disse obrigado ao sol e foi dizer a todos a gritar assim, piu, piu,piu, que já tinha chegado a Primavera!

Vaquinha Vitória, acabou-se a história!"

 

(História recontada pelas 4 crianças de 5 anos(Valter, Carolina,Afonso e Catarina), um dia depois de terem ouvido uma versão desta mesma história, contada pela educadora.)



 

Ilustração feita pelo Valter, Catarina Marto, Carolina Silvério, Maria e Beatriz



publicado por pequenos-jornalistas às 19:54
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 3 de Maio de 2007
Ninhos de andorinha
Fômos passear na aldeia de Tremoceira, para descobrirmos que tipo de pássaros encontrávamos mais. Para além de alguns pardais que saltitavam nos beirados das casas e voavam de um lado para o outro, vimos muitas andorinhas que voavam muito rápido. Às vezes voavam baixo, outras vezes voavam muito alto.
Descobrimos muitos ninhos de andorinhas por baixo das telhas de uma casa já um bocadinho antiga. Reparámos que esses ninhos eram feitos com barro aos bocadinhos.



Uma andorinha estava à espreita de nós!



Numa outra casa uma andorinha estava a começar a fazer o seu ninho; vimos que levava bocadinhos de barro no bico.

Tivemos uma ideia:
E se fôssemos também fazer um ninho como as andorinhas?
Então fômos pedir um bocadinho de barro ao Senhor Manuel que é um oleiro tradicional cá da aldeia; ele, para além de nos dar o barro, mostrou-nos toda a sua olaria e o seu trabalho já realizado!...
Mas isso vos mostraremos noutro artigo do nosso blog,ok?

Agora vejam lá como construímos o "quase" ninho de andorinha:







Depois foi só pintar e recortar uma andorinha como vêm aqui por baixo



E brincar com ela e com o ninho, que depois de seco, será cozido no forno de loiça do Sr. Manuel, para então ser colocado numa árvore do nosso Jardim de Infância por sugestão do Valter



publicado por pequenos-jornalistas às 22:51
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Se eu fosse um Pássaro...
                                                                         
 
Se eu fosse um pássaro...
  • ...Gostava de viver numa caixa com buraquinhos para respirar e me darem comida; estava preso, mas depois soltavam-me! (Valter,5 anos)
  • ...Gostava de viver numa árvore; podia voar e depois ia ver os meninos à escola(Leandro,5 anos)
  • ...Gostava de viver numa caixa, preso, para dar de comer aos filhos pequenos bébés e aos grandes. E num ninho para acachar assim para não irem as moscas para os filhotes meus, nem para o passarinho mãe...( Beatriz, 3 anos)
  • ...Gostava de viver na rua, lá numa árvore para estar à sombra , fazer o ninho e voar p’ra ver o futebol em França(Pedro, 4 anos)
  • ...Gostava de morar numa árvore e voar ao lado do Leandro p’ra ir ver os meninos à escola(Sofia,4 anos)
  • ...Eu gostava de morar num ninho nas árvores; podia voar e ter filhos. Passeava mais os filhos até à beira de um rio.( Catarina Marto, 5 anos)
  • ...Queria voar em cima e caía no chão e batia na cabeça aqui e partia o pé; depois o médico dava uma pica p’ra curar o passarinho e ele ficar bom.(Carolina Silva, 3 anos)
  • ...Gostava de viver numa árvore, via o sol, as nuvens...gostava de olhar para o céu, porque acho que o céu é lindo!( Catarina Ribeiro, 3 anos)
  • Se eu fosse um pássaro vivia numa casa perto da minha com uma porta e com janelas. As janelas era para sair a voar...! Gostava de ir muito longe às árvores e depois ia beber café a Porto de Mós (Afonso Jesus, 3 anos)
  • ... Estava a voar e estava a fazer o ninho p’ra nós deitarmos quando vier lá a chuva. Estava com os meus filhos que ajudavam a fazer o ninho lá na árvore grande (Maria, 3 anos)
  • ...Voava lá cima p’ró céu, p’ró pé da avó Nica (Cláudio, 3 anos)


                                                                                               



publicado por pequenos-jornalistas às 11:43
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 1 de Maio de 2007
Como se diz pássaro?

Agora o correio já não é entregue por "pombos correio"; mas mesmo assim os nossos colegas e amigos polacos escolheram a palavra pássaro para ser a palavra número 5 do nosso dicionário ilustrado. Tanto eles como nós gostamos desta palavra. E vocês?
Sabem como se diz em Polaco e em Inglês?


Foi a WIKTORIA  (com 5 anos) que fez este desenho

  PL   PT   EN
     
PTAK
PÁSSARO
BIRD

 

 

Palavras chave: ,

publicado por pequenos-jornalistas às 15:52
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

Chegou correio da Polónia!

Estávamos a lanchar a meio da manhã, quando vimos o Sr. Carteiro chegar na sua motorizada; trazia uma grande encomenda na mão! Nem cabia na caixa do correio!

A Alzira foi lá fora receber a encomenda e quando acabámos de lanchar, fomos abrir o pacote; tinha tudo isto que podem ver na foto!

O Cd rom trazia a apresentação de cada um dos nossos amigos em Power Point. O Jornal trazia uma foto dos nossos colegas da Polónia quando foram visitados por voluntários socorristas que lhes ensinaram algumas técnicas de Primeiros Socorros.

As bolachinhas e as gomas são feitas numa fábrica da cidade onde eles moram.Eram deliciosas!

Os mapas tinham apontados os sítios onde moram os nossos amigos e amigas; junto vinha a ensígnia da cidade de Bydgoszcz que agora está colada na nossa porta de entrada.

Também vinham dois trabalhos sobre a Primavera que achàmos muito bonitos!

É sempre bom receber correio da Polónia! Obrigado Amigos!







publicado por pequenos-jornalistas às 15:41
Ligação do artigo | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre nós
Ler o blog noutras línguas...
Notícias recentes

Amigos não dizem adeus......

Voa pássaro, voa!

Cozinheira misteriosa...

Melancia e melão, frutas ...

Tampinhas solidárias

Selos e prendinhas da Pol...

Um prémio internacional

Outros trabalhos feitos n...

Cócegas especiais...

Café com Arte!...

Uma foto, um trabalho art...

Descoberto no JIT...

O bolo dos Pequenos Jorna...

Visita registada e avalia...

Um castelo encantado..

O nosso D. Fuas Roupinho

Desenhar no barro

Visita ao J.I. e ao rio d...

Pedras decoradas...

Os Santos Populares

"Um moinho para sempre"

Reportagem da ida ao moin...

MÃE e PAI, adoro-vos!

Brincar à matemática

Flores na Serra da Pevide

Que horas são? Que dia é hoje?


Já nos visitaram...

Contador Grátis
Notícias guardadas

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

pesquisar
 
Sítios
mais comentados
61 comentários
54 comentários
31 comentários
31 comentários
30 comentários
29 comentários
23 comentários
22 comentários
Palavras chave

actividades

ajudar

alimentação

ambiente

amizade

animação

animais

aniversário

articulação com 1º ciclo

avaliação

biblioteca

bicharocos

blogactionday

brinquedos

canção

casa escola

castanhas

chuva

ciência

colheita

comentar

comunidade

conhecimento do mundo

construir

corpo

correio

culinária

descobertas

desenhos

destaque

dias especiais

dicionário

estufa

etwinning

europa

experiência

expressão dramática

expressão motora

expressão plástica

flores

formação pessoal e social

friends together

girassol

greetings card

histórias

horta

imaginação

insectos

inverno

jardim de infância

jogo

jogo tradicional

jornadas culturais

leitura e escrita

lengalenga

livros

mãe

mar

matemática

melhoras

milho

milho verde

modelagem

moinho

música

natação

natal

natureza

obrigado

observação

olarias

outono

pai

partilhar

páscoa

pássaros

paz

pictogame

plástica

pnleitura

podcast na educação

poesia

polónia

portugal

primavera

reciclar

recreio

saídas

saúde

sementes

slide show

sombras

surpresas

tic

tradição

vento

verão

vida e morte

vídeo

visitas de estudo

todas as tags

obrigada