Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Afunda-se ou flutua?

pequenos-jornalistas, 19.04.10

Olhando a água parada na caixa de areia, alguns Pequenos Jornalistas viram folhas a flutuarem; elas tinham que ser retiradas, para não entupirem o funil que tínhamos no bidão de recolha da água da chuva.

Partindo dessa situação, foi lançado o desafio: vamos trazer diversas coisas de casa, para experimentarmos e verificarmos se flutuam ou se afundam!

Assim foi; havia muitas coisas que vieram de casa para experimentarmos: castanhas, batatas, pinha aberta e pinha fechada, esferovite, tampa de garrafa, folhas verdes, pedra grande e pedra pequena, sementes de abóbora, um dinossauro , tangerina, carro do homem aranha, copo de plástico, boneco de plástico, pêra, laranja enorme, uvas.

Fizemos o registo do que achávamos que ía acontecer e depois comparámos com o que aconteceu.

 

Por vezes os Pequenos Jornalistas ficaram mesmo admirados com o que observaram.

Foi o caso da laranja e dos bagos de uva.

Para tentarmos entender o porquê dos factos que observámos, fomos investigar um pouco na Internet.
Encontámos este sítio AQUI que nos diz (em Português do Brasil) que o afundar ou o flutuar dos objectos depende da sua densidade e não do seu peso nem do seu tamanho. Se for mais denso do que a água, afunda; mas se for menos denso do que a água, flutua!
Por isso a laranja enorme flutua e os bagos de uva, mais pequenos afundam-se; eles são mais densos do que a água.
O ar que existe dentro das coisas também as ajuda a flutuar. Descobrimos isso quando mergulhámos as 3 castanhas e uma delas flutuou. Ela tinha um buraquinho; a Graça apertou e vimos bolhinhas de ar a sairem de dentro dela; largou-a, e imediatamente ela se afundou, juntando-se às outras duas no fundo da taça de vidro.
Esta actividade prática foi muito do agrado dos Pequenos Jornalistas, tendo sido prolongada pelos dias seguintes...

9 comentários

Comentar post