Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

PARABÉNS!!!

pequenos-jornalistas, 24.05.07

Sabiam que hoje , dia 24 de Maio de 2007, este Blog dos Pequenos Jornalistas faz 1 aninho?
Pois é verdade!
Estamos todos de Parabéns, não acham?
A todos os amigos que nos visitam queremos dizer:
OBRIGADO!!! CONTINUEM A VISITAR-NOS E A COMUNICAR CONNOSCO!


 
                    
 

Visita à Pia do Urso

pequenos-jornalistas, 22.05.07
Na 5ª feira dia 17 de Maio de 2007 e dia da Espiga, visitámos a Pia do Urso, em conjunto com os colegas da Escola do 1º Ciclo de Tremoceira.
É um parque eco-sensorial, projectado em especial para pessoas invisuais.
Para além de podermos desfrutar daquele espaço em pleno ambiente serrano da Serra de Aire, onde existe de facto a harmonia entre a Natureza e a intervenção humana, foi nosso objectivo experimentarmos ser por momentos  invisuais naquele local e sentirmos quanto é difícil ser -se invisual,  embora tirando partido dos outros quatro sentidos.
Acredito que a sensibilização à pessoa invisual ficou assim mais vincada após esta vivência, neste ano de 2007, que é o "Ano Europeu da Igualdade de Oportunidades para Todos" .

 

 

  •   Gostei de ver aquilo que tem água. Era para os ursos beberem. Havia lá brinquedos p’ra brincar. Gostei daquele que parece uma cara p’ra pôr lá.(Beatriz, 3 anos)

  • Hoje o meu irmão não foi lá à Pia do Urso. No outro dia foi. O meu padinho também foi lá, e a Patícia também foi lá. Eu fui lá dentro da casa do urso mais a mãe. Gosto mais do urso que ía lá beber água porque tinha sede. (Filipe, 4 anos)








  • Fomos à Pia do Urso e eu vi uma casa com flores. Era uma casa feita de pedras castanhas. Tu puseste-me uma fita para fazer de conta que eu era cego. Eu sentia o chão que era feito de madeiras redondas. Quando havia um degrau tinha que andar devagar. (Pedro, 4 anos)
  • Vi lá a Márcia e um jardim. Levava a mochila. Eu estava a ver o jardim e não mexi, para não estragar as flores. Eu fiz bem! Eu gostei de fazer festinhas ao cavalo de faz de conta. ( Carolina Silva, 3 anos)




  • Eu tinha lá ido na barriga da minha mãe. Hoje fui de camioneta. Gostei de ver o coelho de faz de conta, o galo, a galinha, o burro...Gostei de ver a Pia do Urso. Tinha lá 2 ursinhos desenhados. Eles iam lá beber água. ( Catarina Ribeiro, 3 anos)


  • Gostei de ver o cavalo. Ele era castanho, era mais grande e era de faz de conta. Também gostei de ver o burro. Fiz-lhe festinhas com a mão e ele gostou porque estava a rir-se. (Maria, 4 anos)












  • Foi bom o passeio. Tava lá um cavalo gigante; tava lá um burro também. Tava lá um jogo das peças que tinha cruzes e bolas. Gostei dos brinquedos que tinha lá: escorregas, aquilo para fazer música assim, assim, quadrados, o dinossauro para trepar... Foi muito fixe! (Afonso Jesus, 3 anos)


  • Gostei mais de brincar na areia que estava lá com um escorrega. Também gostei das fotografias que tu tiraste na Pia do Urso. Fui cego durante um bocadinho. É um bocado difícil, porque se nós “vêssemos”, podíamos fazer algumas coisas e os cegos não podem fazer todas as coisas, mas podem ouvir, falar, cheirar e tocar com os pés p’ra saber o caminho certo. (Leandro, 5 anos)






  • Gostei muito de ver os coisinhos para brincar: o baloiço e o escorrega. Havia lá casinhas de pedra enfeitadas com flores, gostei de ver lá aqueles rios todos...era para os ursos e outros animais muito grandes que são mais altos do que a nossa escola irem lá beber água.( Sara, 4 anos)














  • Gostei mais de ver aquela bicicleta que fazia rodar uma roda às riscas redondas. Também gostei dos animais de faz de conta; gostei da vaca e do porco. Havia água nas pias; uma tinha a forma de um coração. Eu experimentei se fosse cega e eu gostei. É melhor não ser cega, porque assim já conseguem ver as coisas. Quem não consegue pode tocar nas coisas e sentir o que é as coisas. Havia lá umas letras que nós conseguíamos ler por não sermos cegos e havia uns pontinhos que era para os cegos sentirem o que está lá escrito. Gostei do puzzle da galinha e gostei de ver aquelas coisas a tocar música. (Catarina Marto, 5 anos)


  • Gostei das pias; uma tinha peixes, uma tinha erva e era uma pia! Gostei de andar a fazer de conta que era cega. Não foi difícil porque eu podia sentir o chão que tinha aquelas madeiras no caminho e tinha umas pontes baixinhas porque era para dizer que estava ali um parque que tinha aquelas rodas.( Sofia, 4 anos)


  • Gostei de ver o burro e também ver o cavalo de faz de conta e a vaca que tinha um filhinho. (Carolina Silvério, 5 anos)
  • Gostei mais dos rios que tinham água e ervas. Experimentei ser cego; foi giro. É difícil! Tinha medo de cair. Para seguir o caminho certo sentia com os pés( Afonso Custódio, 5 anos)


  • Gostei de andar de camioneta. Vi vacas e ovelhas, vi moinhos que pareciam um quadrado. Lá na Pia do Urso gostei de ver a Pia do Amor que tinha a forma do coração. Gostei daquilo que se passa entre a água, a ponte. Gostei mais de ver o cavalo, o burro , o galo e mais o coelho. Quando experimentei ser cego toquei nas calças do que ia à frente. Ser cego lá não é fácil ver, mas pode-se tocar, cheirar as flores e os eucaliptos como ao pé da minha casa...(Valter, 5 anos)


Nós é que agradecemos à Câmara Municipal da Batalha, entidade responsável por este belo espaço de lazer. Obrigado!

o Gafanhoto Maroto

pequenos-jornalistas, 16.05.07
"ERA UMA VEZ UM GAFANHOTO MAROTO QUE VIU UM PÁSSARO A CAIR DO NINHO E DISSE:
_MEU DEUS! QUASE QUE CAÍA P’RA CIMA DE MIM!
COMO O GAFANHOTO MAROTO SALTAVA MUITO BEM E ERA MUITO FORTE SALTOU P’RÁ PAREDE E O PÁSSARO CAÍU P’RA CIMA DE UMA FLOR.
A FLOR DISSE PRA TER MAIS CUIDADO P’RA NÃO CAIR EM CIMA DELA OUTRA VEZ.
_ DESCULPA, EU COMI POUQUINHO...EU QUERIA VOAR E PENSAVA QUE JÁ SABIA VOAR...MAS NÃO!
A MAMÃ PÁSSARO APARECEU E SALVOU O FILHINHO. AGARROU-O POR UMA ASA E LEVOU-O P’RA CIMA , P’RÓ NINHO.
O GAFANHOTO FOI ATÉ AO NINHO DO PÁSSARO E DISSE:
_OLÁ! TU TENS QUE COMER MAIS P’RA PODERES VOAR! QUANDO SOUBERES VOAR, PODES VIR À MINHA CASA BRINCAR COMIGO!
PORQUE É QUE TU FOSTE VOAR?
_PORQUE TINHA VONTADE DE VOAR E PENSAVA QUE JÁ ERA GRANDE PARA APANHAR COMIDA.
O GAFANHOTO DISSE QUE MAIS LOGO VINHA BRINCAR COM O PÁSSARO NO NINHO, PORQUE O PÁSSARO AINDA NÃO PODIA VOAR E O GAFANHOTO PODIA SALTAR MUITO ALTO.
FICARAM AMIGOS PARA SEMPRE.
VAQUINHA VITÓRIA, ACABOU-SE A HISTÓRIA."
(Esta história foi inventada pelo Afonso Custódio, pela Catarina Marto, pela Carolina Silvério e pelo Valter, todos com 5 anos.
Foi criada pelo facto de termos visto um belo gafanhoto nas nossas flores (que vos mostramos agora)  e um passarinho bébé no chão)


  

Encontro de Gerações

pequenos-jornalistas, 16.05.07
"Fomos lá ver os amigos, os senhores e as senhoras mais velhas do que nós.
Houve lá um espectáculo com os meninos da primária, da Tremoceira e outros.
À volta tinha muitas coisas . Eram coisas velhas de ferro e de pano.
Havia lá uma bicicleta com uma boneca.

Uma avó contou uma história da raposa e do galo. O galo estava assim com os olhos fechados e a raposa comeu-o! E Vaquinha Vitória acabou-se a história!"

(BEATRIZ, 3 anos)

Bichinhos da seda

pequenos-jornalistas, 15.05.07
Temos bichinhos da seda no nosso Jardim de Infância.
Foi a educadora Sílvia que deu à Graça, porque ela tinha muitos no Jardim de Infância da Cruz da Légua. Obrigado à Sílvia!
 
Querem saber coisas que já descobrimos quando observamos os bichinhos da seda?
 
  • Descobri que um bichinho da seda fazia um “O” que é o “O” do meu nome, que tem o P, o E, o D, o R e o O. (PEDRO,4 anos)
  • Eu encontrei um círculo que os bichinhos fizeram (CATARINA Ribeiro, 3 anos)
  • Eles mexem-se e fazem uma bola (SARA, 4 anos)
  • Descobri que 2 bichinhos da seda fizeram o L , que tem uma parte comprida e outra mais curta.(LEANDRO, 5 anos)
  • Eu encontrei um bicho da seda que estava morto. Se calhar não estava a comer folhas; por isso é que morreu. Quando a gente não come nada também podemos morrer(PEDRO, 4 anos)
  • Descobri que os bichos da seda têm um pico atrás, perto do rabinho; olha, se calhar é p’ra fazer xi-xi...não, não, se calhar é p’ra se defenderem. (CATARINA Marto, 5 anos)
  • Quando os bichos eram caninos, faziam có-có pequeno. Agora que são maiores fazem um có-có grande. Comem muito!...Despejamos o có-có dos bichinhos lá fora nos canteiros onde as árvores e as flores estão. É p’ra elas crescerem. (SARA, 4 anos)
  • Descobri que o có-có deles é um bocado comprido, parecido com um rectângulo e é muito preto(LEANDRO,5 anos)
  • Descobri que os bichinhos da seda têm 4 patas de cada lado, que eu contei! Estavam agarradas a uma folha...(FILIPE, 4 anos)
  • Olha, eu sei que 4 + 4 dá 8, por isso é que eu sei que eles têm 8 patas!(VALTER, 5 anos)

 

 

 

 

Dia da Europa

pequenos-jornalistas, 09.05.07
  • Descobri que na Europa não é p’ra fazer mal, nem guerra; é p’ra fazer paz! (Afonso Custódio - 5 anos)
  • Descobri que a Europa tem muitos países e que cada país tem uma bandeira diferente. Algumas são parecidas; a da Polónia tem o vermelho em baixo e o branco em cima; a do Mónaco tem o vermelho em cima e o branco em baixo.(Catarina Marto - 5 anos)
  • Descobri que também na Europa há meninos que não têm comida e então no Intermarché os senhores dão sacos de plástico p’ra lá pôr comida p’ra dar aos outros meninos.(Valter - 5 anos)
  • Descobri que a Europa também tem uma bandeira; é toda azul e tem 12 estrelinhas no meio a fazer um círculo como uma roda de meninos de mãos dadas. É porque todos os países da Europa são amigos! (Carolina Silvério - 5 anos)
  • Descobri que há uma bandeira da Europa. É azul e tem muitas estrelinhas. É porque quando está de noite há estrelinhas e depois aparece lá a lua p’ra não ficar escuro.( Beatriz - 3 anos)
  • Descobri que hoje é o Dia da Europa. A Europa é um sítio grande que tem muitos sítios que se chamam países. ( Sofia - 4 anos)
  • Descobri que a Europa tem países, tem uma bandeira e uma música que se chama alegre, porque portam-se todos bem. ( Leandro - 5 anos)
  • Descobri que na Europa não há guerra. Ainda bem, porque a guerra é má; nós morremos e ficamos com as mãos queimadas. ( Sara - 4anos)
  • Descobri que a Europa tem uma bandeira grande que tem muitas estrelas. Eu pintei a bandeira e recortei uma estrela que colei na bandeira. ( Afonso Jesus - 3 anos)
  • Descobri que hoje é o Dia da Europa. Fizemos uma roda com estrelas p’ra colar num círculo em cima de um rectângulo azul. ( Pedro - 4 anos)
  • Estive a colar estrelas no azul. Era p’ra fazer a bandeira da Europa. Estão arrumadinhas a fazer um círculo. Parece a gente a ser amigos! ( Catarina Ribeiro – 3 anos)
  • Descobri que hoje é Dia da Europa.. Descobri que Portugal está dentro da Europa e a Polónia também. ( Maria – 4anos)

 

 

 

 

 

 

 

    

 

 Hino da Europa

(Em 1972, o Conselho da Europa (organismo que concebeu também a bandeira europeia) adoptou o "Hino à Alegria" de Beethoven para hino. Solicitou-se ao célebre maestro Herbert Von Karajan que compusesse três arranjos instrumentais - para piano, para instrumentos de sopro e para orquestra.

Sem palavras, na linguagem universal da música, o hino exprime os ideais de liberdade, paz e solidariedade que constituem o estandarte da Europa.)                    

 

Já temos favas!

pequenos-jornalistas, 08.05.07

"Hoje a gente fômos à horta apanhar favas com a tesoura. Havia muitas que já estavam grandes. Também havia pequenas. Na casa da minha avó também há pequenas. Eu sozinha e mais a avó vou apanhá-las todas!

Fômos medir as favas grandes ; estava lá escrito o três e o zero. Tu disseste que era 30 centímetros. É mesmo muito grande!"

BEATRIZ-3 anos

 

 

 

Presente para a Mãe

pequenos-jornalistas, 08.05.07

Agora que já passou o Dia da Mãe, já podemos dizer e mostrar o que foi o presente surpresa para a Mãe.

Foi um coração feito com massa de moldar e pintado, que serve para ser usado como uma pregadeira para enfeitar as mães. Cada um tinha a primeira letra do nome das mães.

Depois fizemos uns cestinhos também com a forma de um coração para guardar o coração pequenino e um cartãozinho com o desenho da mãe e com algumas palavras escritas de coisas que gostamos nas nossas mães.

Parece que elas gostaram da surpresa!

 

 

DIA DA MÃE

pequenos-jornalistas, 04.05.07
Domingo, dia 6 de Maio, será celebrado em Portugal o "DIA DA MÃE" 
Todos os pequenos jornalistas prepararam um presente surpresa para as suas mães e aprenderam esta canção que dedicam a todas as mães do mundo







(Desenho feito pela Sara/4 anos, no programa Paint e dedicado também a todas as MÃES)

Pág. 1/2