Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

"Ciência Divertida"

pequenos-jornalistas, 10.06.07
Vieram dois cientistas ao nosso Jardim de Infância.
Aprendemos a ver os micróbios que estavam nas mãos.

Eu vi os bichinhos nas mãos depois de esfregar com um gel branco. Fui pôr as mãos numa casinha que tinha luz azul e vi uns bocadinhos brancos, pareciam bolinhas pequeninas que eram os micróbios.

Depois tivemos que lavar as mãos com sabonete, as costas e as palmas das mãos, porque assim não ficávamos com micróbios. Fomos ver outra vez depois de lavarmos as mãos e já não tinham micróbios.( Leandro, 5 anos)

 

Descobri que:

1.      Há micróbios nas mãos que nós não vemos. Para ver temos que ter aquele gel e aquela luz.

2.      Para os micróbios irem embora temos que lavar as mãos com sabonete e água.

3.      Antes de comer temos sempre que lavar as mãos porque os micróbios estão nas mãos e passam para a barriga e depois ficamos doentes. (Valter, 5 anos)


 



 

Também nos falaram do que devemos comer mais e menos, para termos saúde.

A água estava no meio, porque temos que beber muita!


 


 


Flores da Polónia!

pequenos-jornalistas, 10.06.07

Descobrimos que as flores da Polónia que semeámos já cresceram e têm flores da cor lilás. Passou lá uma abelha e cheirou as flores! Se calhar é porque ela quer fazer mel...

Contei as flores; eram 18. Contei as pétalas da flor; eram 4. Todas tinham 4 pétalas. Há grandes e pequenas, mas são todas bonitas.

Obrigado aos meninos da Polónia que nos mandaram as sementes. Elas gostaram de crescer na nossa escola, no canteiro de uma árvore.

VALTER, 5 anos


Feira das Hortas Biológicas

pequenos-jornalistas, 09.06.07
No sábado de manhã, dia 2 de Junho de 2007, no Mercado Municipal de Porto de Mós, fomos vender os legumes que vimos crescer na nossa horta, assim como outros produtos que cresceram nas hortas dos nossos pais e avós e que eles nos quiseram dar para vendermos lá também.
Foi uma animação!
Primeiro pintar os sacos de papel, fazer as pinturas enlaçadas numa só para nossa identificação, apanhar os legumes na horta, enfeitar os mangericos...











Depois foi compor a banca no Mercado com tudo o que tínhamos conseguido e que nos tinha chegado e ia chegando...











E finalmente VENDER a quem aparecia para comprar, sendo que o preço era sempre o mesmo para tudo: aquilo que quisessem dar!










E o que acharam os Pequenos Jornalistas de tudo isto?
Estas são as opiniões de alguns deles:

"Vender as coisas da horta foi giro porque estava lá muita gente que queria comprar. Só sobrou limões; o resto vendeu-se tudo!"

CATARINA MARTO, 5 anos

 

Gostei de vender as batatas, as ervilhas, a beterraba que cresceu na horta!...

Foi na Feira das Hortas em Porto de Mós. Estava muita gente! Eu perguntava:

_Quantos euros quer dar?

E as pessoas davam o dinheiro que queriam dar.

Depois eu ajudava as pessoas a porem as coisas nos sacos que nós tínhamos pintado na escola. Foi bué da fixe!"

LEANDRO, 5 anos

 

"Eu fui com a minha mãe e com a mana à Feira. As pessoas compravam tudo! Até acabaram-se os sacos!

A mãe comprou limões, comprou aquelas folhinhas verdes e dois mangericos; um para a minha mana e outro para mim. Eu dava os sacos às senhoras e punha as compras nos sacos; e a minha mãe também ajudou a vender as coisas da horta.

Antes de ir para a feira puxámos as “terrabas” na horta e depois o Afonso Custódio trouxe um cesto pa levar pá horta."

CATARINA RIBEIRO, 3 anos

 

"Fui à horta buscar uma couve. Era uma couve grande e tinha buraquinhos. Ela aleijou-se...foram lá uns bichos e fizeram buracos ...e agora eu “tou tiste”...

O Valter apanhou os bichos. São lagartas pequeninas assim...

Fui à feira com o avô Alberto.Havia tomates e cenouras, alfaces e batatas. Uma senhora queria comprar batatas. Eu mais o Afonso Jesus pusemos as batatas dentro de um saco que a Graça deu. Gostei de ir à feira; o avô estava-se a rir...havia muitos amigos!"

CAROLINA SILVA, 3 anos


Já dormem!

pequenos-jornalistas, 04.06.07
Os bichos de seda estão todos a dormir dentro dos casulos. Agora não comem, não fazem có-có, não fazem xi-xi, não passeiam e estão sempre a dormir.
Eu sei que eles estão a transformar-se em borboletas que depois vão pôr ovos que vão transformar-se em bichos de seda muito pequenos.
CAROLINA SILVÉRIO, 5 anos

Pág. 2/2