Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Uma visita inesquecível!

pequenos-jornalistas, 15.06.11

"Quando vi o tapete mágico na Torre do Castelo, até o meu coração ficou a bater mais depressa!" , disse a Joana Campos (5 anos).

"Eu gostei mais de ver o tapete mágico que estava na torre. Se calhar foi a Borboleta Arco-Íris e o Papão Peludo que lá foram pôr o tapete...", disse a Maria Flor (3 anos).

"Eu fiquei espantada quando vi lá o tapete mágico! O castelo é muito giro! Parece um castelo encantado e mágico!", disse a Maria Eduarda (5 anos).

" A chave do castelo era gigante e tinha a forma de um coração , que é o símbolo do amor", disse o Lucas (5 anos).

" O castelo de Porto de Mós parece um castelo de princesas!", disse a Juliana (4 anos).

" Eu ADOREI ir ao castelo! Gostei muito de o visitar e já lá fui no feriado com o tio, a tia, a Carina e a Patrícia", disse o João Marto ( 5 anos).

Um castelo encantado!

pequenos-jornalistas, 14.06.11

Com uma chave mágica, o Senhor Eurico Santos abriu-nos este castelo encantado e contou-nos a sua história.

É o castelo de Porto de Mós, que um dia foi oferecido  pelo 1º rei de Portugal (Dom Afonso Henriques) ao Dom Nuno Álvares Pereira (cuja estátua, imponente em cima do seu cavalo, está junto ao Mosteiro de Santa Maria da Vitória, na Batalha). Mas quem ficou a tomar conta do castelo, foi  D.Fuas Roupinho...aquele que um dia ía caíndo ao mar no Sítio da Nazaré, quando perseguia um veado...mas não caíu! Diz a lenda que Nossa Senhora da Nazaré o ajudou a estacar o seu cavalo mesmo no limite do abismo! Parece que ainda hoje lá está a marca no chão...

E entrámos então num mundo de encantar...

A borboleta Arco-Íris e os amigos

pequenos-jornalistas, 13.06.11

 

Pintada pelos Pequenos Jornalistas, ficou linda esta borboleta, a que chamaram Arco-Íris!

Ela faz parte de uma "história circular"  iniciada pelas crianças do Jardim de Infância de Pedreiras, continuada pelos Pequenos Jornalistas e terminada pelas crianças do Jardim de Infância de Casais Garridos, no âmbito do projecto do Departamento Pré-Escolar "À descoberta, de mente aberta", que vai no sentido de descobrir os outros: como pensam, imaginam, sentem, sonham…. e descobrir o mundo!

À medida que a história colaborativa ia sendo inventada, diversos materiais pedagógicos foram construídos e no fim foi feito um livro com a história ilustrada pelas crianças dos três Jardins de Infância. Tudo isto esteve em exposição na escola sede do Agrupamento de Escolas em Porto de Mós.

 

 

Os principais personagens da história que foram construídos, são os seguintes: o Papão Peludo, o Tó-Zé, a Borboleta Arco-Íris, a Fada , a Rapunzel, a Simone e o Tapete Voador!

Este último também foi feito no Jardim de Infância de Tremoceira. E sobre ele há uma outra história, muito mágica, que brevemente vos iremos contar...


Recompensas!...

pequenos-jornalistas, 07.06.11

Ao longo do ano lectivo fomos "alimentando" o compostor que está na nossa horta.

Passados alguns meses, foi a vez de ele nos oferecer terra fofa e óptima para alimentar as plantas que crescem na horta!

Uma dessas plantas são os morangueiros que nos ofereceram estes morangos DELICIOSOS, porque completamente biológicos, sem químicos, nem venenos!


Uma descoberta na Horta!

pequenos-jornalistas, 06.06.11

Cresceu na nossa horta!

Dentro de um balãozinho, que se abriu em 5 partes iguais, estava um fruto redondinho e cor de laranja (rachado ao meio, por estar tão madurinho...)!

Como havia mais alguns caídos no chão, com os balõezinhos a parecerem rendinha, os Pequenos Jornalistas puderam todos provar este fruto tão especial, chamado Physalis. É muito saboroso e faz bem à saúde!

Todos pelo AMBIENTE

pequenos-jornalistas, 05.06.11

 

"Ninguém cometeu maior erro, do que aquele que não fez nada, só porque podia fazer muito pouco", Edmund Burke.

Cada um é responsável pelos seus actos e chegou a hora de todos termos que agir, a favor do ambiente. 

Com pequenos gestos multiplicados por muitos, podemos fazer a diferença!

Vejam o exemplo desta mulher do Quénia.

Neste ano o tema do Dia Mundial do Ambiente é : "Florestas: a Natureza ao nosso serviço".

Os Pequenos Jornalistas tinham planeado explorarem a floresta que está por trás do Jardim de Infância; mas dada essa impossibilidade pela altura das ervas e pelos ramos lá amontoados, irão amanhã recolher o lixo diverso que continua a ficar espalhado no chão das proximidades. Nós também queremos ser bons cidadãos Eco Mosqueteiros e por isso temos que nos RESPONSABILIZAR, temos que RESPEITAR o ambiente, temos que REDUZIR o lixo, REUTILIZAR os objectos e separar para RECICLAR.

 

 

UM POR TODOS e TODOS PELO AMBIENTE, para a construção de um Ambiente Melhor! 

 

Fazer brilhar o Mundo!

pequenos-jornalistas, 02.06.11

Este ano, com o tema "Faz Brilhar o Meu Mundo", a Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social convida-nos a celebrarmos a 25ª edição, que ao longo dos anos, procurou angariar fundos que permitam garantir as condições de sustentabilidade das muitas Organizações que trabalham em defesa dos direitos das pessoas com deficiência intelectual e/ou multideficiência.

Porque a solidariedade não pode ser uma palavra sem sentido, vamos todos contribuir para esta causa, sim?

Os Pequenos Jornalistas não ficaram indiferentes e adoraram ver a Orquestra Sinfonieta de Lisboa dirigida pelo maestro Vasco Pierce de Azevedo, assim como a fadista Carminho e o cantor brasileiro Ney Matogrosso, super expressivo! O texto da canção fica também aqui disponível, para todos cantarmos esta canção tão especial!

"SER FELIZ"

 

Vou por esta estrada

De mão dada com um sonho.

Levo na bagagem

Sempre a mesma imagem,

 Desatar o teu sorriso.

Vê como no céu

cantam em coro as estrelas.

Somos uma luz,

brilhante e viva como elas

 

(Refrão)   Meu amigo,

A vida não tem perigo

Se juntarmos nossas forças

E cantarmos à vida com o coração.

 Vamos ver daqui o mesmo sol amanhecer

E escutar quem me diz

Que há uma luz maior,

e a vida inteira por viver,

Querer ser feliz

Poder ser feliz!


E assim partir

por esse mundo sem cansaços

Poder respirar

e descansar nos teus abraços

 

(Refrão)  Meu amigo,

A vida não tem perigo

Se juntarmos nossas forças

E cantarmos à vida com o coração.

 Vamos ver daqui

o mesmo sol amanhecer

E escutar quem me diz

Que há uma luz maior,

e a vida inteira por viver,

E ser feliz, tão feliz!

 

(Autor da Letra: Carminho

Autor da Música: Pedro Jóia)