Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Doce ou mel?

pequenos-jornalistas, 30.09.07

Agora importava descobrir mais sobre as abóboras...

Para isso uma abóbora "Menina" veio até ao Jardim de Infância, pronta para nos ajudar nesta tarefa. É lisinha como a nossa pele, mas dura e pesada! Como será por dentro?

 

 

 

Ena! Tão cor de laranja! Tem tantas sementinhas bicudas de um lado! Estão todas dentro de um buraquinho redondo...estão molhadas e algumas estão presas por fios também cor de laranja... temos que separar e lavar as sementinhas ou pevides! Depois é preciso lavar as mãos que ficaram pegajosas!

 

 

E agora? Agora, as pevides podem ser aproveitadas para serem semeadas (primeiro têm que secar ao sol) ou para serem comidas por nós, depois de preparadas! E com a polpa da abóbora podemos fazer sopa ou doce de abóbora.

 

 

 

Como a sopa chega todos os dias ao jardim de Infância já pronta, então decidimos fazer doce de abóbora.

Tirámos a casca e partimos aos bocados. Pesámos na balança e misturámos num tacho grande, igual peso de açúcar. Depois foi só pôr ao lume e esperar que fervesse até a abóbora ficar molinha...

Finalmente triturámos tudo com a varinha mágica e ficou assim:

 

Deixámos arrefecer e depois todos foram encher um copinho com esse doce que parecia mel(descobriu a Maria)! Era preciso acertar na boca do copo e esperar que o doce escorresse devagar porque estava grosso, apurado!

E as pevides? As pevides foram preparadas como nos ensinou a avó Luísa. Primeiro estiveram em água e bastante sal durante 5 horas, depois essa mistura foi fervida durante 20 minutos e a seguir foram ao forno até ficarem sequinhas e com este aspecto:

 

 

Ficaram muito saborosas!

Descobrimos num livro grosso que a Graça trouxe, que as pevides de abóboras contêm ferro (que é bom para o sangue), magnésio (para as células se manterem saudáveis) e zinco (que promove um crescimento e desenvolvimento normais).

Se são assim tão importantes, toca a comer pevides!

Quisemos partilhar o que tínhamos feito e descoberto, por isso demos doce e pevides  aos colegas da Escola do 1º Ciclo, ao Sr. Ernesto que traz os almoços, à Helena e à Paula que têm vindo ajudar na hora de almoço, assim como à Beta e à Alzira.Parece que todos eles também gostaram!

2 comentários

Comentar post