Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

História do caracol

pequenos-jornalistas, 24.02.08
O David (com 3 anos) chegou um dia ao Jardim de Infância com um caracol que tinha encontrado no seu jardim e quis contar/inventar uma história sobre ele, enquanto o ia observando.


"Era uma vez um caracol que estava ao sol e depois apareceu um amigo dele que estava a brincar com o caracol.
O caracol tinha uma casinha e depois fazia um risco de água por onde ele passava. Mas ele estava com muito sono e depois foi dormir para a casinha dele. Dormiu lá muito tempo ao pé da janela...mas depois saiu porque queria espreitar-me e depois espreitou...
Saiu do papel e agora começou a descer do papel. Pois! É tonto! Este caracol é tonto dos corninhos! Ele tem dois corninhos grandes e dois pequeninos!...
Agora quer vir cá para a almofada! É tonto!
Tinha que o agarrar para o pôr no papel e ele escondeu-se outra vez!...E agora está a vir!
É sempre assim: esconde-se e aparece!

Agora tu tens que tratar do caracol; tens que o pôr embrulhado no papel...embrulhado não! Em cima do papel, numa caixinha senão ele foge e depois pões folhinhas para ele comer. Assim ele fica contente e acabou-se a história, vaquinha Vitória!"


Agora que já conseguimos outra vez ouvir os sons que o site "eSnips" nos deixa alojar para colocarmos no nosso blog, já podemos então ouvir o David e o Afonso a dizerem uma lenga-lenga do caracol. É só clicarem no triângulo ("play").

2 comentários

  • Olá pai!
    Eu sei que tu agora estás a trabalhar no escritório. Eu estive a ver a história da formiga que a Mónica contou. Vai lá ver ao blog dela. É muito gira. A formiga fez cócegas como tu e a mãe me fazem. A Inês pequenina também gosta de cócegas.
    Beijinhos
    DAVID
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.