Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008
A vida e a morte
Os Pequenos Jornalistas foram recentemente confrontados com a morte de dois passarinhos. O primeiro, que era preto e cinzento com os olhinhos vermelhos, apareceu morto junto ao portão do J. de Infância na semana passada.



O segundo, que era um lindo pardal em tons de castanho, apareceu estranhamente morto dentro da sala polivalente, na manhã de segunda-feira!


Coitadinhos...morreram...
Depois de os observarmos, interrogámo-nos:
Porquê? Porque é que morrem os passarinhos? Porque é que apareceu um passarinho morto dentro da sala polivalente?
_Porque ele não sabia voar bem...! (Constança, 3 anos)
_Porque ele entrou pela chaminé (Catarina, 4 anos)
_Porque ele desceu para a sala pela chaminé da cozinha (Inês, 3 anos)
_Morreu porque não tinha comida(Sara, 5 anos)
_As formigas queriam comer o pássaro...(Inês, 3 anos)
_Não sei como é que as formigas descobriram que estava aqui o pássaro...!(Constança, 3 anos)
_Agora vamos pô-lo na floresta como o outro preto (Catarina, 4 anos)





_Ele primeiro vai para a terra da floresta, depois vai para o céu.(Beatriz, 4 anos)
_Depois transforma-se numa estrela...(Sara, 5 anos)
_E não cresce mais...(Sofia, 5 anos)
_A casa dele agora é uma estrela! Uma estrela pequenina, porque ele é pequenino. (Leandro, 5 anos)
_O meu pai também está no céu a morar numa estrela pequenina...(Sofia, 5 anos)
_O passarinho tinha vontade de fazer có-có e de ir comer...mas ele só tinha comida no ninho! Aqui não encontrou comida nem água e por isso morreu. Se as pessoas não comerem nada, nem beberem água, morrem. Às vezes têm que se pôr no cemitério...o avô António também já morreu...(Pedro, 5 anos)

Palavras chave:

publicado por pequenos-jornalistas às 23:58
Ligação do artigo | Comentar | Adicionar aos favoritos

12 comentários:
De mnike30 a 28 de Fevereiro de 2008 às 08:19
Bom dia meninos,

Os passarinhos morreram. Mas eles não estão tristes!
Eles quando perceberam que estavam quase a morrer quiseram ir para um sítio onde sabiam que havia meninos que gostavam muito deles e que os iriam tratar bem e não os esqueceriam. Por isso foram a voar para aí...
Eu acredito que eles também estão no céu, a brilhar com as estrelas.
Beijinhos para todos.




De pequenos-jornalistas a 4 de Março de 2008 às 16:44
Olá Mónica!
Porque nós gostamos muito dos passarinhos, eles já não estão mortos no céu. Os meus amigos trataram-os bem, mas às vezes estamos tristes porque eles morreram...
É lindo o que tu disseste. Quando olho as estrelas lá no céu, são bolinhas pequeninas...eu gostava que fossem estrelinhas como quando o Jesus nasceu: assim com biquinhos...
Beijinhos para ti
BEATRIZ (4 anos)


De mnike30 a 5 de Março de 2008 às 08:48
Olá Beatriz!

A Mónica decidiu não escrever mais nos blogs. Porque as pessoas grandes às vezes têm que tomar decisões assim...
Mas, gostava de te dizer (e aos outros meninos todos) que nunca deixarei de vir aqui ler o vosso blog e deixar comentários para vocês.
Os amigos são assim, mesmo que não se possam ver sempre, nunca deixam de pensar nos amigos.
Eu gosto mesmo muito do vosso blog, por isso não me vou embora daqui.
Espero continuar a ler histórinhas vossas e quem sabe, quando tiver mais tempo, também venha cá contar algumas histórias, está bem?

As estrelas podem ser assim como tu queres que elas sejam.
Sabias que eu também gosto muito dessas? Há sempre uma grande no céu, de manhazinha, que me faz lembrar a estrela que apareceu quando o Jesus nasceu... é a minha estrela preferida e brilha muito muito muito.
Gosto muito de vocês todos!

Beijinhos e abracinhos para ti e para os outros meninos.
(e dá um xi coração à Rosa e ao Afonso assim bem grande por mim, está bem?)


De pequenos-jornalistas a 5 de Março de 2008 às 16:45
Olá Mónica!
Eu tenho um CD do Ruca e o Ruca estava a partilhar com a Rosita, que é mana dele. Partilhar é ser amigo e ser bom.
Tu és nossa amiga e também és boa. Partilhaste com a gente uma história que fez-nos rir: a cabra cabrêz não queria sair, a formiguinha subiu por a porta e fez coceguinhas na barriga dela e ela fugiu!
Eu vou estar um bocadinho triste porque tu já não vais escrever nos blogs...mas podes vir aqui ao nosso blog falar comigo e com toda a gente.
Podes vir cá visitar-nos, que nós fazemos surpresas para ti!
Voou pedir à minha mãe que me diga qual é a estrela que aparece de manhãzinha...
Beijinhos
BEATRIZ (4 anos)


De mnike30 a 6 de Março de 2008 às 08:42
Olá Beatriz,
A Cabra Cabrez foi malvada, mas a Vaquinha Vitória teve amigos que a ajudaram. Os maiores e os mais fortes não conseguiram abrir a porta porque não pensaram! A formiguinha que era muito pequenina foi muito mais esperta. Como vês, não é preciso ser grande nem forte para se ser inteligente. Os seres pequeninos conseguem ser mais inteligentes porque não utilizam a força para pensar mas sim a cabecinha.
Não quero que vocês fiquem tristes por eu não escrever nos blogs!! Eu não vou deixar de vir aqui falar com vocês, porque vocês são meus amigos também, dos quais eu gosto muito!
E olha, eu também não sei como se chama a Estrela da manhã. Se tu me disseres também vais partilhar comigo e eu fico muito feliz!
E eu também conheço o Ruca. Ele tem muitos amigos e brinca com eles e tem o Riscas que é um grande dorminhoco!

Beijinhos para ti e para todos os meninos e meninas


De pequenos-jornalistas a 6 de Março de 2008 às 09:57
Olá Mónica!
O riscas desarruma tanto!...O Ruca não está a ver e depois ele desarruma tanto! Eu tenho esse CD e gosto muito.
Eu acho que a estrela da manhã se chama só Estrela da Manhã. Eu gosto é de chamar Estrela da Manhã"; fica mais melhor...
Beijinhos
BEATRIZ (4 anos)


De mnike30 a 7 de Março de 2008 às 08:27
Olá Beatriz,

O Riscas é um bocadinho maroto, é, mas ele só faz aquilo para chamar a atenção do Ruca. Ele também quer brincar!

Fiquei muito contente contigo! Eu também acho que Estrela da Manhã é um nome muito lindo.
Quando eu vir essa estrela já vou ter um nome para ela!

Muitos Beijinhos



De Renato a 1 de Março de 2008 às 22:57
Pois imagino que grande carga de trabalho que vocês tiveram a fazer os dois funerais. Acho que foi muito bonito da vossa parte
Um beijinho do Renato.


De pequenos-jornalistas a 5 de Março de 2008 às 16:53
Olá Renato!
Nós tapámos dois passarinhos com terra e com guardanapos branquinhos, na selva. Uma selva e uma floresta têm pássaros com guardanapos...
Sabes, as formigas estavam a comer o passarinho que estava morto na sala de comer...
Agora já não estão lá e nós fazemos desenhos na mesa.
Beijinhos
I NÊS


De Verónica Pedroso a 2 de Março de 2008 às 21:03
Fiquei bastante emocionada pelo o que a Sofia e o Petó disseram sobre os seus familiares...
Só revela que mesmo pequeninos têm um sentimento muito grande pelos seus, e no caso do meu mais que tudo nunca ter conhecido o seu avô materno, muitas das vezes eu e a minha mãe comentamos o que seria deste menino se o avô estivesse entre nós, mas mesmo assim tenho a certeza de onde ele estará, que estará sim com um orgulho enorme do neto que tem...


De pequenos-jornalistas a 5 de Março de 2008 às 16:59
Olá Verónica!
Às vezes eu vou pôr flores ao meu pai e vejo que os bébés também morrem. Tem lá sítios que têm bonecos e flores...
Às vezes as abelhas tiram o mel das flores e depois não cheiram bem...já não têm o cheirinho...e depois as abelhas fazem mel e depois nós comemos o mel e ficamos bons.
Beijinhos
SOFIA (5 anos)


De mnike30 a 6 de Março de 2008 às 08:52
Olá Sofia,
As abelhas tiram o perfume às flores para fazer o mel e o mel é doce e põe os meninos bons!
O cheiro das flores é então transformado em mel doce que faz bem!
Aquelas pessoas de quem nós gostamos muito, mesmo quando morrem, não deixam de existir. Ficam sempre dentro do nosso coração e lá também nos dão carinho e colinho. Não ficam sozinhas nem nos deixam sozinhas. Faz-nos sentir muitas saudades porque não as vemos, mas elas estão sempre sempre dentro do nosso coração ( e também no brilho das estrelas.)
Sabes, eu sei disso tudo porque o meu avô também vive dentro do meu coração e às vezes sinto muitas saudades dele. Mas não estou triste. Eles não querem que estejemos tristes, e quando tenho assim muitas saudades, olho para as estrelas e vejo-as sorrir para mim!

Beijinho muito grande e um Xi


Comentar artigo

Mais sobre nós
Notícias recentes

Amigos não dizem adeus......

Voa pássaro, voa!

Cozinheira misteriosa...

Melancia e melão, frutas ...

Tampinhas solidárias

Selos e prendinhas da Pol...

Um prémio internacional

Outros trabalhos feitos n...

Cócegas especiais...

Café com Arte!...

Uma foto, um trabalho art...

Descoberto no JIT...

O bolo dos Pequenos Jorna...

Visita registada e avalia...

Um castelo encantado..

O nosso D. Fuas Roupinho

Desenhar no barro

Visita ao J.I. e ao rio d...

Pedras decoradas...

Os Santos Populares

"Um moinho para sempre"

Reportagem da ida ao moin...

MÃE e PAI, adoro-vos!

Brincar à matemática

Flores na Serra da Pevide

Notícias guardadas

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

pesquisar
 
Sítios
mais comentados
61 comentários
54 comentários
31 comentários
31 comentários
30 comentários
29 comentários
23 comentários
22 comentários
Palavras chave

actividades

ajudar

alimentação

ambiente

amizade

animação

animais

aniversário

articulação com 1º ciclo

avaliação

biblioteca

bicharocos

blogactionday

brinquedos

canção

casa escola

castanhas

chuva

ciência

colheita

comentar

comunidade

conhecimento do mundo

construir

corpo

correio

culinária

descobertas

desenhos

destaque

dias especiais

dicionário

estufa

etwinning

europa

experiência

expressão dramática

expressão motora

expressão plástica

flores

formação pessoal e social

friends together

girassol

greetings card

histórias

horta

imaginação

insectos

inverno

jardim de infância

jogo

jogo tradicional

jornadas culturais

leitura e escrita

lengalenga

livros

mãe

mar

matemática

melhoras

milho

milho verde

modelagem

moinho

música

natação

natal

natureza

obrigado

observação

olarias

outono

pai

partilhar

páscoa

pássaros

paz

pictogame

plástica

pnleitura

podcast na educação

poesia

polónia

portugal

primavera

reciclar

recreio

saídas

saúde

sementes

slide show

sombras

surpresas

tic

tradição

vento

verão

vida e morte

vídeo

visitas de estudo

todas as tags

obrigada