Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

E um arco-íris na sala...é possível?

pequenos-jornalistas, 31.01.13
Colocando um espelhinho totalmente dentro de um recipiente transparente com água e inclinando o espelho...a magia pode acontecer!
Aí está ele, o arco-íris invertido, no teto da nossa sala de atividades!
Mas também foi possível projetar e descobrir noutros locais a decomposição da luz branca do sol (que afinal está sempre a brincar ao carnaval, porque anda disfarçada de branca, mas tem 7 cores dentro dela!...)
Que maravilha, não acham? E depois, para não esquecer, os Pequenos Jornalistas foram ilustrar um arco-íris de acordo com as cores na posição em que as estavam a ver. O giro é que na mesa onde fizeram esse trabalho, o chapéu de chuva arco-íris da Carolina foi aberto, criando outro momento muito especial. Obrigada Carolina por nos emprestares sempre o teu guarda-chuva!

Fizemos chuva na cozinha!

pequenos-jornalistas, 30.01.13
 
 

Muitas gotas de água evaporaram e foram parar à tampa fria do tacho condensando-se e pingando como chuva!

As gotas de água que pusemos dentro da frigideira estavam no estado líquido. Com o bico do fogão acesso (que simbolizava o sol), essas gotas aqueceram e evaporaram; ficaram no estado gasoso. Mas quando encontraram a tampa fria do tacho (que simbolizava o céu alto e frio) condensaram-se e voltaram ao mesmo estado do princípio; o estado líquido outra vez! E é sempre a mesma água que sobe e desce!

É assim o ciclo da água no nosso planeta!

Tínhamos conseguido fazer chover dentro da cozinha!

Experimentem também nas vossas cozinhas! É tão giro!

Depois desta experiência conhecemos a história da Gotinha Cristal e fizemos a expressão dramática da história improvisando adereços com panos grandes de cores diversas (azul esverdeado do rio, branco da nuvem, amarelo do sol, cinzento e preto para a mudança de cores da nuvem, o chapéu arco-íris da Carolina!...). Foi mais um dos Momentos Felizes que pudemos viver em conjunto, descobrindo e conhecendo o Mundo de uma forma envolvente...

Existirão outros planetas?

pequenos-jornalistas, 17.01.13
Os Pequenos Jornalistas já sabem que vivemos em Portugal, que é um dos muitos países que existem no Planeta Terra. Fica ainda um bocado longe do pólo norte, que é de onde vem o Pai Natal.
"O nosso planeta parece uma bola, com muito azul que é o mar e com cores que são terra para podermos andar!..."
Este planeta roda devagarinho como se fosse um pião em câmara lenta; demora 24 horas a dar uma volta completa.
E então? Existirão outros planetas por aqui perto?...Fomos investigar.

Parecido com neve...

pequenos-jornalistas, 16.01.13

Misturámos um pouco de cola branca com espuma de barbear e mexemos. Esta mistura ficou muito leve, fofinha e branca como a neve! Parecia neve! Ou não?...

Com ela cobrimos um círculo para fazermos a cabeça de um urso polar, que também é assim branquinho. Era tão bom espalhar aquela "neve"...

Depois, com dois discos de algodão, dois olhinhos e um focinho ficou a cabeça do urso prontinha! Só precisámos de esperar que aquela mistura fofa secasse...
E secou! Só que a neve que era fofa, ficou dura depois de seca! Que magia!...
Já com o urso polar em pé, fomos descobrir coisas sobre os ursos polares. Sabemos que vivem no pólo norte, ao contrário dos pinguins , que vivem no pólo sul do nosso planeta Terra.
Os Pequenos Jornalistas têm agora um urso polar hibernado nas suas casas! (Alguns em gavetas muito fechadinhas, outros em caixinhas ou roupeiros...). Ficará assim até ao início da primavera; só então sai das suas "cavernas" para procurar comida! 
Tenham cuidado! Se um destes ursos vos apanha, ainda pode pensar que vocês são focas e era uma vez...eh-eh!

 

"Olhar com olhos de ver!"

pequenos-jornalistas, 20.11.12

Passeando em direção ao lagar de azeite foi lançado o desafio: que formas seremos capazes de descobrir, nas coisas que pudermos ver pelo caminho?

Os Pequenos Jornalistas descobriram imensas e variadas formas que souberam nomear (círculos, quadrados, espirais, losangos, triângulos, arcos, setas) à exceção da forma da chaminé do antigo forno de cerâmica que tem a forma de um trapézio! Mas agora já sabem!

Foi enorme o entusiasmo e a sua satisfação, por terem olhado as coisas com "olhos de ver"!

Tempo de colheitas...

pequenos-jornalistas, 13.11.12
Porque no outono diversos frutos ficam maduros, é preciso colhê-los. 
Os Pequenos Jornalistas foram ajudar a colher azeitonas num olival perto do Jardim de Infância, auxiliando assim o casal de idosos que lá estava a fazer esse trabalho.
Havia azeitonas de muitas cores: verdes, pretas, grenás, roxas...todas foram colhidas, mas os Pequenos Jornalistas deduziram que as que tinham mais sumo para depois fazer azeite seriam as pretas. Será?
Mas aquele olival foi explorado de várias maneiras:foram feitas descobertas diversas sobre o tamanho das oliveiras, das suas folhas que parecem lábios encostados... e da forma dos seus troncos... foram descobertas ervas daninhas com folhas cuja textura, tamanho, tons eram muito variados...foi observado o rego fundo num extremo do terreno por onde há-de correr a água da chuva brevemente...foi visitada a cadela, as galinhas e os patos do quintal vizinho...e até algumas árvores foram trepadas por alguns dos Pequenos Jornalistas mais audazes! 

Que felizes podemos ser no campo, não acham?

Conhecer o mundo real, com imaginação!

pequenos-jornalistas, 12.11.12

Neste dia ensolarado de outono, resolvemos fazer uma visita ao castanheiro, próximo do Jardim de Infância.

 

Os ouriços estavam abertos e muitos caídos no chão, assim como ainda algumas castanhas. 

Esta "estranha borboleta" simétrica veio pousar na camisola da Laura, mesmo no colinho da Kitty! Que linda é,não acham? E tão peludinha do lado oposto aos piquinhos!...

Já as folhas do castanheiro lembraram à Inês serem penas de índio! Ela trouxe-as assim no boné para o Jardim de Infância, mas já disse que as quer colar numa fita para rodear a cabeça, como os índios faziam...