Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Dentro da Terra

pequenos-jornalistas, 01.07.10

E se fizéssemos uma viagem ao interior da Terra?Será possível?

É possível e podemos fazê-la mesmo aqui no Concelho de Porto de Mós, onde existem variadas grutas com formações calcárias espectaculares!

Escolhemos a Gruta de Santo António que foi descoberta por um menino que brincava na Serra dos Candeeiros e seu pai, que trabalhava a pedra numa pedreira. O menino observou que um pássaro preto com bico vermelho (uma gralha) entrava dentro de um buraco na terra e lá ficava durante algum tempo, tornando a sair e depois a entrar!...Chamou o seu pai, que em conjunto com um colega de trabalho, foram as primeiras pessoas a  entrarem naquela gruta.

Aventurámo-nos entrando também "dentro da Terra", mas agora com muito mais segurança e com mais luz do que quando foram descobertas e visitadas as primeiras vezes.

Sentimos logo que lá dentro não estava nem muito frio, nem muito calor. A temperatura dentro das grutas é constante e ronda os 18 graus. Vimos lá dentro um morcego a voar!

Esta gruta tem uma área aproximada de 6000 metros quadrados, tendo a sala maior 80 por 50 metros; a altura máxima é de 43 metros! Lá dentro da terra, tudo é belo, brilhante e misterioso!

Calcula-se que as grutas de Santo António existam há 50 mil anos, crescendo as estalactites e estalagmites à razão de um centímetro por cada 100 anos! Todo o cuidado é pouco, para mantermos intacto este património natural que a natureza nos oferece generosamente, para contemplarmos.

Os Pequenos Jornalistas adoraram a visita às Grutas. Vieram de lá muito impressionados com toda aquela beleza natural e a saberam o que eram estalactites, estalagmites e colunas de formação calcária! Agora há que cuidar, desfrutar e divulgar.

Já sabiam que as Grutas de Mira de Aire são finalistas na modalidade de "Grutas e Cavernas" ao concurso das "Sete Maravilhas Naturais de Portugal"? Se quiserem votar nelas, podem registar-se AQUI ou telefonarem para 760302709 ou ainda enviarem um SMS com o número 709 para 68933.

(O custo da chamada é de 0,60€+IVA; o custo da SMS é de 0,50€)

Alegria no movimento livre

pequenos-jornalistas, 14.06.10

A cozinheira Lia foi quem nos acompanhou ao campo de futebol da ADP, que fica mesmo pertinho da cozinha.

Já nos esperavam com muitas bolas, arcos e obstáculos em plástico que usámos na relva do imenso campo!

E foi imediata a alegria do movimento livre por todo aquele campo relvado, como podem ver pelas fotos!

Para sermos saudáveis, não basta comermos de forma saudável e variada; temos também que fazer exercício físico todos os dias!

Os Pequenos Jornalistas não esquecem esta verdade!

Obrigado aos Directores e colaboradores da ADP que nos proporcionaram esta visita de estudo tão agradável e proveitosa!

Obrigado também ao Município de Porto de Mós, que nos transportou a este lugar tão especial que jamais esqueceremos!

Fadas na cozinha!

pequenos-jornalistas, 13.06.10

Todos os dias em que os Pequenos Jornalistas vêm ao Jardim de Infância, há umas fadas que cozinham para eles e para mais uns 500 amigos!

Fazem uma comidinha deliciosa e sempre muito perfumada. Será porque juntam a sua magia aos ingredientes tão saudáveis como as nossas couves?

Quisemos conhecê-las e combinámos uma visita ao Centro de Formação e Inserção da ADP em Porto de Mós. É aí que são confeccionadas as refeições que depois de muito bem acondicionadas, são distribuídas através de carrinhas, por todas as escolas que necessitam deste serviço.

Descobrimos que são duas fadas cozinheiras (a Lia e a Fátima) mais duas fadas ajudantes (a Natália e a Rosa) que todos os dias se levantam muito cedo para prepararem as deliciosas e saudáveis refeições que sabem tão bem a todos.

Ficámos espantados com as dimensões do que vimos: as panelas, os fornos, o fogão, o frigorífico, o lavador de legumes, o descascador de batatas...tudo era enorme e muito limpinho. Sabemos que tem que ser assim, para não ficarmos doentes.

Que bom termos estas fadas na cozinha para cuidarem de nós!

Obrigado a todas!

 

O quintal do Castanheiro

pequenos-jornalistas, 13.11.09

A D. Maria, que mora perto do nosso Jardim de Infância, tem um castanheiro no quintal. Fomos visitá-lo e descobrimos muitas coisas!

 

Para além das castanhas dentro dos ouriços e espalhadas pelo chão, descobrimos um ouriço aberto que parecia uma borboleta!


Também descobrimos lá dois cogumelos bem diferentes!

  

Descobrimos que a nespereira já está em flor! É das primeiras árvores de fruto a florirem.

E que a figueira ainda tem figos e bastantes folhas verdes.

  

Mas no caminho de volta descobrimos uma romãzeira com algumas romãs abertas mostrando as suas belas sementes saudáveis...


E descobrimos ainda um monte de cogumelos na relva da vizinha da Beta


Serão venenosos ou comestíveis?

Visita ao Portugal dos Pequenitos

pequenos-jornalistas, 09.07.08

"Portugal dos Pequenitos", um sítio para brincar e aprender, com tudo feito à escala adequada a crianças pequenas; casinhas características de diversas partes de Portugal e das ex-colónias em África, Ásia e América do Sul.

"E se mais mundo houvera, lá chegara!"

 

 

Um dia diferente

pequenos-jornalistas, 02.07.08

Foi um dia diferente passado em Porto de Mós, integrado na chamada "Semana da Educação"; pudemos usufruir de actividades desportivas num espaço amplo, um atelier de música, um almoço pic-nic, um insuflável, brincadeiras na relva e uma visita à Feira do Livro, no cineteatro de Porto de Mós, onde pudemos ver alguns livros e escolher  outros que o Município ofereceu ao Jardim de Infância.

 

 

"Do tamanho da minha mão"

pequenos-jornalistas, 27.06.08

 "Já nasceram os meus patinhos! São 6 e são do tamanho da minha mão! Também nasceram 2 pombinhos bebés e tenho 2 mais crescidos.

Querem lá ir a minha casa para os verem?"

Quem poderia resistir a este convite do Leandro? Ninguém! Por isso combinámos com a sua mãe e fomos à casa e à quintinha dele na manhã seguinte. Até tivemos um bolinho para reforçar o lanche do meio da manhã!

Obrigado pelo que nos ajudaram a observar, descobrir e pelo modo como nos receberam!

 

Casinha para pássaros

pequenos-jornalistas, 06.03.08
Ao ouvirmos a história e vermos as imagens do livro "Ruca observa os pássaros", surgiu a ideia:
_E se também arranjássemos uma casinha para os pássaros irem lá comer? Podíamos lá pôr sementinhas, migalhinhas de pão e água!...
A Sara disse logo: O meu pai tem muitas madeiras lá na fábrica; podemos lá ir buscar algumas...
E depois de tudo planearmos, combinarmos e de fazermos a representação gráfica do projecto, lá fomos à marcenaria do pai e dos tios da Sara. Fica mesmo na aldeia, por isso fomos a pé.
O senhor Ivo, pai da Sara, estava lá para nos receber, aceitar o nosso projecto de casinha para os pássaros e mostrar toda a "fábrica das cadeiras e das mesas"; também se lá fazem  ursinhos em madeira muito giros!
Depois de tudo vermos e perguntarmos, ficou prometido que o Sr. Ivo iria preparar as madeiras e que a Sara as levaria depois para o J. de Infância. E assim foi; passado um fim de semana, a casinha dos pássaros chegou ao Jardim de Infância. Todos batemos muitas palmas!
Agora só falta pintar, mas isso fazemos nós e depois mostramos, ok?


 

"Visita de Médico"

pequenos-jornalistas, 13.02.08
Tínhamos que esperar uns minutos antes de entrarmos na Biblioteca de Porto de Mós...
Usámos esse tempo para visitarmos a garagem dos Bombeiros que fica mesmo ao lado!
Vimos os camiões cisterna, os jeeps, as ambulâncias, o camião desencarcerador (com instrumentos para tirar as pessoas que ficam presas dentro dos carros quando há acidentes...), observámos pormenores, fizemos perguntas...foi pena ser tão pouco tempo!...
Mas ficou a admiração e a vontade de sabermos mais...