Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Lisboa bonita!

pequenos-jornalistas, 09.11.10

A viagem a Lisboa aconteceu num maravilhoso dia de Outono, ensolarado e ainda muito quentinho. Após vermos "O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos" fomos almoçar no Parque das Nações, onde pudemos observar muitas coisas que gostámos de ver e de conhecer...

Lisboa tem coisas mesmo bonitas!


Fomos ao TEATRO!

pequenos-jornalistas, 04.11.10

Vimos a peça "O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos"!

Está em exibição no Teatro Armando Cortez- Casa do Artista, pelo Grupo TIL (Teatro Infantil de Lisboa).

Foi um espectáculo MARAVILHOSO!

Uma forma diferente de nos contarem uma história, recorrendo à dramatização, música, dança, efeitos visuais diversos e sempre tão surpreendentes!

Foi uma experiência muito enriquecedora, que com certeza irá ficar na nossa memória e no nosso coração por longos anos!

Fomos ao moinho...

pequenos-jornalistas, 17.04.10

 

...mas não encontrámos a Galinha Ruiva!

Será que foi a um moinho de vento ou de água? Aqui perto existem dos dois tipos, mas nem sempre estão a funcionar...

Como será um moinho de água?

Fomos tentar descobrir, visitando um que ainda está a funcionar na Ribeira de Cima, junto a Porto de Mós.

Fica mesmo à beirinha do rio Lena e foi o senhor moleiro António Franco quem nos ajudou a descobrir tudo sobre moinhos de água e no fim nos deu uma saquinha com 5 Kg de farinha! A ele, o nosso muito obrigado!

Um Grande Amor!

pequenos-jornalistas, 20.07.09

 

Um livro que resultou do interesse dos Pequenos Jornalistas pela bela história de Amor vivida entre D. Pedro e D. Inês de Castro, apresentada no livro de Vanda Marques com o título de "O amor de Pedro e Inês, contado aos Pequenotes" ( Editora Quetzal), agora também recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

Tivemos o apoio de duas Amigas Estagiárias: Dora Santos e Rita Pinto, a quem agradecemos e desejamos muitos "Momentos Felizes" no seu percurso escolar e profissional!

 

Tão grande como "O Amor de Pedro e Inês"!

pequenos-jornalistas, 09.07.09

Regressando de Óbidos e de Caldas da Rainha, parámos ainda no Mosteiro de Alcobaça, que é tão grande como "O Amor de Pedro e Inês", descrito no livro encantador com o mesmo nome, da autoria de Vanda Marques, com ilustrações maravilhosas de Susana Silva!

Estivemos lá!

Vimos os túmulos de D. Pedro e Dona Inês!

Vimos a grandiosidade daquele Mosteiro e descobrimos recantos e pormenores muito interessantes, tais como as "desenhos/assinaturas" que os trabalhadores que construíram o Mosteiro fizeram nos blocos de pedras do interior do Mosteiro.

Assim abrimos outra porta para o prazer da descoberta dos monumentos que contam histórias lindas da nossa História, que nos fazem amar ainda mais Portugal!

 

 

Óbidos, Vila Museu!

pequenos-jornalistas, 08.07.09

Foi uma visita encantada numa vila encantadora!

Óbidos respira História e muitas estórias!

Em três locais diferentes da vila, encontrámos três rainhas vivas:  Isabel, Catarina e Leonor, que nos contaram muitas estórias da História.

Aprendemos muito com todas elas!

Óbidos continua a merecer a visita de todos!

É uma vila museu, linda!

 

 

Um Mosteiro encantado!

pequenos-jornalistas, 20.04.09

É mesmo especial este mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido por Mosteiro da Batalha!

 

"Era uma vez um mosteiro muito grande na Batalha. (Catarina)

Lá fora ao pé estava um cavaleiro/estátua de faz de conta… (Filipe)

…que era o Nuno Álvares Pereira, um cavaleiro muito simpático porque ajudou os portugueses a ganhar aos espanhóis (Beatriz)

No Carnaval puseram lá palha ao pé do cavalo eh-eh (Afonso)

E era uma vez um frade (de faz de conta) chamado Domingos. (Graça)

Ele mostrou-nos todas as partes do Mosteiro. (Catarina)

O Dom João mandou uma seta para ver onde é que iam fazer o mosteiro (Filipe)

Mandaram construir o mosteiro mais alto de Portugal, que era p’ra chegar ao Jesus (Beatriz)

O frade Domingos mostrou a sala onde comiam todos em silêncio enquanto outro lia lá no alto as histórias do Jesus (Catarina)

Ele também mostrou a sala onde estava a rainha Filipa e o rei que mandou construir a sala, que se chamava João. Eles estavam em estátua! Também lá estavam enterrados os filhos; alguns estavam dentro de uma caixa de pedra e outros não estavam. (Afonso)

Só gostava era de saber se os desejos que pedimos ao pé da fonte, quando molhámos o dedinho na água, vão mesmo acontecer!!! (Beatriz)"

 

Picam mesmo?

pequenos-jornalistas, 09.11.07

Perto do Jardim de Infância há um quintal com um castanheiro.
Fomos lá visitá-lo e observá-lo.



É mais alto do que nós, mas se calhar ainda não cresceu tudo! Tinha folhas castanhas, verdes e amarelas. Muitas já tinham caído no chão.
Nas pontas dos ramos e no chão vimos alguns ouriços redondinhos como pompons, mas nada fofinhos; picavam e faziam cócegas nas mãos.





Dentro dos ouriços ainda estavam algumas castanhas; eram mesmo castanhinhas!





Se pegarmos com jeitinho, não pica assim tanto...



Levámos alguns para o Jardim de Infância e fizemos trabalhos sobre as castanhas.





Depois enfeitámos as janelas, para nos prepararmos para o magusto e o dia de S. Martinho.