Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

Pequenos Jornalistas

Um espaço onde os alunos do JARDIM DE INFÂNCIA DE TREMOCEIRA manifestam as suas opiniões, gostos, curiosidades; relatam as suas vivências e descobertas, tal como pequenos "jornalistas" em acção, numa janela muito grande aberta para o Mundo

obrigada

Uma experiência...

pequenos-jornalistas, 23.06.10

E se plantássemos alfaces na areia da praia que está na nossa caixa de areia? Será que se regássemos também cresciam como na terra da horta? E qual das alfaces cresceria mais depressa?

Fizemos uma actividade experimental, partindo destas interrogações.

Arranjámos dois vasos iguais; num colocámos terra da horta e no outro colocámos a areia da praia que fomos buscar à nossa caixa coberta, que está  no recreio.

 

A seguir plantámos uma alface em cada vaso e demos a mesma quantidade de água a cada uma; usámos para isso um copinho de vidro onde colocámos uma marca feita com uma tirinha de papel autocolante.
Fizemos registos do que cada um pensava que iria acontecer e verificámos que haviam opiniões diversas.

Tínhamos que esperar que os dias passassem e tínhamos que observar e registar semanalmente o que íamos observando!...
Assim fizemos, num quadro de duas entradas. Eis o resultado:

Foram evidentes as diferenças no crescimento das duas alfaces. A que foi plantada na terra da horta ficou rapidamente com mais e maiores folhas, estando os vasos sempre lado a lado e mantendo-se a rega igual para as duas alfaces.

Então percebemos que a terra da horta tem nutrientes que são assim uma espécie de alimentos bons para as plantas, ao passo que a areia da praia não os tem...é mais pobre e por isso as plantas crescem menos na areia.

O terreno onde são plantadas as plantas, influencia o desenvolvimento delas!

 

Gostamos de couves!

pequenos-jornalistas, 09.06.10

O cuco não gostava de couves, mas no fim passou a gostar!...

As couves da nossa horta são muito boas para comer na sopa.

Com uma máquina, migámos as couves para fazer caldo verde. Pareciam os cabelos da Fada Verde!

 

As nossas mãos também ficaram verdes. A Joana Rita e a Maria Eduarda tinham as mãos tão verdes que acharam que eram folhas duma planta. A cara delas eram as pétalas. Com esta ideia fomos pintar muitas flores giras!

 

Sempre a crescer!...

pequenos-jornalistas, 28.05.10

Vejam como cresceram as couves na nossa Horta Biológica e Pedagógica!
Esta couve está mais alta do que o mais alto dos Pequenos Jornalistas!
(Adivinhem quem é...!)

Os morangos ganham a cor vermelha e crescem brilhantes e deliciosos!

E os espinafres cresceram tanto, que já serviram para fazer sopinha verde e muito aveludada!...
Que maravilha é ver crescer !!!

Mãos na TERRA

pequenos-jornalistas, 22.04.10

 

Hoje, dia 22 de Abril, é o Dia da Terra. É celebrado já há 40 anos!

O David trouxe um livro especial, muito interessante e com o qual aprendemos muito. Chama-se: "Sim, eu posso! Ajudar a salvar o Planeta"; a autora é Emma Brownjohn, Alêtheia Editores. Para além de evidenciar alguns dos problemas actuais do Planeta Terra, também apresenta muitas sugestões do que cada um pode fazer para que este nosso querido Planeta seja mais verde e mais seguro. No final tem o "Jogo ecológico" que pode ser jogado por 4 amigos de cada vez.


De tarde fomos para a horta, pôr as mãos na TERRA!

Semeámos diversas sementes, espalhámos pela horta e pelos canteiros adubo que retirámos já pela 3ª vez do nosso compostor, regámos alguns vasos com água da chuva que temos recolhido, tresplantámos para a horta plantas de cabaças que tínhamos semeado, reconstruímos o charco do sapo com um plástico mais resistente (Sim! Porque temos um sapo que nos apareceu na horta...!), voltámos a encher o compostor com as folhas secas que amontoámos na floresta das traseiras do Jardim de Infância, plantámos flores que nos deu a vizinha São...enfim!

Metemos mesmo as mãos na Terra e soube tão bem!

Compostor activo!

pequenos-jornalistas, 16.03.10

Já retirámos adubo natural do nosso compostor!

Todos os restos orgânicos que pusemos lá dentro em camadas verdes e castanhas, ficaram transformados numa terra preta, bastante fofa, que agora se chama adubo orgânico ou biológico.

É um fertilizante biológico que vai dar mais alimentos para as plantas crescerem fortes e saudáveis na nossa horta.

Encontrámos lá bastantes minhocas, bichinhos de conta, porcas sara e outros bicharocos que nem sabemos o nome!

Como o compostor ficou meio vazio, tivemos que voltar a enchê-lo com as ervas daninhas e as folhas secas que apanhámos no recreio. Também juntámos cascas de frutas, restos dos legumes preparados nas cozinhas e muitas borras de café que o Sr. Rui nos deu.

 

 

É menos lixo que vai para o aterro e mais adubo que vai para as plantas!
Podemos assim ter uma verdadeira horta biológica, para além de pedagógica!

Cata-vento artesanal

pequenos-jornalistas, 20.11.09

 

Já temos um cata-vento na nossa horta!

Gostamos muito do nosso lenhador, que só serra madeira se estiver muito vento!

É uma peça de artesanato feita por um senhor da Ribeira de Cima e foi colocado na horta com a ajuda do avô do Lucas, a quem muito agradecemos.

 

 

Depois aprendemos uma lengalenga que é dita quando estamos ao colo virados para quem nos segura e agarrados pelas mãos, balançando para trás e para a frente. É assim:

Serra madeira

carapinteira

a fazer pauzinhos,

a fazer filhózinhas.

Uma p'ra mim,

outra p'ra ti

outra p'ró Pedro,

outra p'rá velha

do rabo azedo

zz-zz, zz-zz,zz-zz

 

Biodiversidade e visitas especiais

pequenos-jornalistas, 26.09.09

A biodiversidade na horta e nos canteiros do nosso Jardim de Infância, possibilitou a visita de insectos e outros "bicharocos" espectaculares a esses espaços!

Os Pequenos Jornalistas puderam observar com toda a atenção, as características de cada um e a maravilha que eles são, à medida que nos visitaram.


Um louva-a-deus que se confunde com os caules secos das flores do canteiro grande. Têm aparecido muitos neste início de Outono.


Um gafanhoto que deposita um ovo na folha larga do nosso milho verde.


Uma borboleta muito especial pousada numa folha do nosso Ulmeiro.


A lagarta predadora que em conjunto com as colegas comeram muitas folhas das nossas couves.


A Joaninha, que em conjunto com as amigas, ajudou a acabar com os piolhos do feijoeiro e que afinal é cor de laranja com pintinhas pretas.

Ainda colhemos na horta!

pequenos-jornalistas, 26.09.09

   

 

    

 

   

 

   

Que horta generosa!

Quem semeia, planta e cuida, também há-de colher!

Foi o que aconteceu aos Pequenos Jornalistas neste espaço maravilhoso, uma espécie de  laboratório ao ar livre, onde muitos e importantes factos se aprendem experimentando, com todos os sentidos em acção!

 

Como cresceu a abóbora

pequenos-jornalistas, 22.09.09

Foi um processo lento, desde as plantinhas bebés até à abóbora bem cor de laranja!

Os Pequenos Jornalistas puderam observar e acompanhar quase todas as transformações da abóbora, à medida que ia crescendo. Só quando teve que ser colhida, eles estavam de férias...

Mas o registo foi feito e agora pode ser visto aqui no nosso blog.

Valeu a pena esperar para vermos mais uma maravilha que a natureza nos deu!